Melhores Dias - Nossa missão é promover o desenvolvimento saudável de crianças

Colabore por meio das leis de incentivo

Ao colaborar com o Instituto Melhores Dias, você ou a sua empresa se tornam um parceiro e contribuem diretamente para a manutenção dos projetos socioculturais. Já beneficiamos 2,5 milhões de crianças e 10 milhões de brasileiros com nossas ações.

Temos várias formas de ter você conosco:

• Patrocinador;
• Projetos personalizados;
• Leis de incentivo à cultura Estadual – PROAC - ICMS (destinação a partir de 3% dos impostos a recolher, somente para empresas);
• Lei de incentivo Federal (empresas podem investir até 4% sobre o imposto de renda. Pessoas Físicas podem investir até 6% sobre o imposto de renda);
• Fundo da Infância e Adolescência CONDECA (empresas podem investir até 6% sobre o imposto de renda devido)
• Doações;
• Iniciativas Públicas e Privadas.

>>ENTRE EM CONTATO E CONHEÇA NOSSOS PROJETOS.


O que são leis de incentivo?

O Governo destina parte dos impostos (que recebe de pessoas ou empresas) para diversos projetos.
Por meio de dedução de impostos, pessoas e empresas podem destinar uma parte do imposto (pago ao Governo) para projetos culturais, esportivos e sociais da organização (como o Instituto Melhores Dias) que escolherem.
Esse aporte é fundamental para que projetos culturais, esportivos e sociais sejam realizados, desenvolvendo comunidades, regiões ou o país inteiro.

Os projetos que incentivados são confiáveis?

Para que o Instituto Melhores Dias ou qualquer outra organização possa captar recursos para os seus projetos usando os benefícios das Leis de Incentivo, é necessários que esses projetos sejam avaliados pelas comissões de análise do Governo.

Os pontos avaliados por essas comissões são:
• Interesse público;
• Compatibilidade de custos;
• Capacidade demonstrada pelo gestor do projeto;
• Atendimento da legislação.

Qual a vantagem de aderir ao incentivo fiscal?
A empresa ou o indivíduo ajuda o país com custo zero. Essa parcela do imposto destinada ao projeto é um recurso que está à disposição e deve ser usada.
No caso corporativo, há contrapartidas de exposição da marca sem necessidade de aporte financeiro além da destinação do incentivo, permitindo à empresa posicionar-se como sustentável.

O que é responsabilidade social?

Responsabilidade social é uma estratégia adotada por empresas que se preocupam com o bem-estar da população. Trata-se de um conceito relacionado ao ato voluntário de empresas preocupadas com o bem-estar do público, tanto interno quanto externo.

Ainda que não seja obrigada a fazê-lo, a empresa adota posturas e ações cujo propósito é unicamente contribuir para uma sociedade melhor, conforme os interesses coletivos. Não se trata de assistencialismo, mas de um envolvimento prático e constante com causas importantes e necessárias para a vida em sociedade.

Os exemplos de responsabilidade social podem envolver ações no âmbito ambiental, da saúde, da cultura, da educação e da moradia, entre outros. Projetos direcionados à comunidade de entorno são um clássico modelo de responsabilidade social.

Por comunidade, é preciso entender não apenas os moradores próximos da unidade da empresa. Colaboradores e familiares são parte do processo. Para que funcione de forma integral, então, é preciso atender à tríade da responsabilidade social: empresa, funcionários e comunidade.

Por que a empresa deve ter Responsabilidade Social?

Gerar lucro é a meta de qualquer negócio. Mas para o lucro ser alcançado, há uma dependência de sustentabilidade. As empresas têm a função de atuar por um mundo melhor. Ética e transparência são palavras de ordem nessa realidade. Não bastam projetos de caridade e doações. Objetivos sociais devem andar lado a lado com os econômicos.

>>CONHEÇA MAIS SOBRE NOSSOS PROJETOS.